Panorama esportivo do dia 15 de maio de 2019

Libertadores

Os duelos das oitavas de final da Libertadores foram definidos por sorteio na noite de segunda-feira. Os jogos só ocorrerão depois da Copa América. Dono da melhor campanha na fase de grupos e atual campeão brasileiro, o Verdão terá pela frente o atual vice-campeão argentino, que avançou do Grupo C com a segunda melhor campanha, empatado com o Olimpia, mas em desvantagem no saldo de gols – foram apenas cinco marcados nas seis rodadas. O Palmeiras decidirá a vaga em casa.

Reencontro

Já Athletico e Boca Juniors se reencontrarão, agora no mata-mata. Os argentinos venceram em casa na última rodada por 2 a 1 e terminaram na liderança da chave, enquanto os paranaenses fizeram 3 a 0 na Arena da Baixada. Foram os únicos confrontos entre eles em uma competição oficial. Agora, o Boca decidirá a vaga para as quartas em casa na Bombonera.

Reencontro 2

O sorteio também colocou Grêmio e Libertad frente a frente nesta Libertadores. O segundo jogo será na casa dos paraguaios. Eles já se enfrentaram na fase de grupos, com uma vitória para cada lado, ambas fora de casa. O Libertad fez 1 a 0 na Arena, e o Grêmio devolveu com 2 a 0 no Defensores del Chaco.

Conhecidos

Já Flamengo e Emelec se reencontrarão mais uma vez na Libertadores. Os dois clubes já se enfrentaram na fase de grupos do ano passado, com duas vitórias dos rubro-negros. Na história são seis jogos entre as duas equipes, com cinco triunfos dos cariocas e um dos equatorianos. O Flamengo será o mandante da segunda partida das oitavas.

Rivais

Em outro duelo entre brasileiros e argentinos, o Cruzeiro terá pela frente o River Plate, adversário nas quartas de final da Libertadores 2015. Naquela ocasião, os mineiros venceram a partida de ida na Argentina por 1 a 0, mas perderam a de volta no Mineirão por 3 a 0 e foram eliminados. No total, são 15 jogos entre as duas equipes, com 11 vitórias cruzeirenses e quatro triunfos dos argentinos. O time celeste joga a segunda partida das oitavas em casa.

Revanche

O Internacional duelará contra o Nacional-URU nas oitavas e fará o segundo jogo como mandante. O histórico mostra equilíbrio no confronto. Em oito jogos, foram três vitórias coloradas, três empates e dois triunfos uruguaios. A última vez que se enfrentaram foi pela fase de grupos da Libertadores 2007. Campeão no ano anterior, o Inter terminou com os mesmos 10 pontos do Nacional, que avançou em segundo lugar pelos critérios de desempate.

 



Fale com a Redação

dezoito − catorze =