Informe da redação do dia 27 de abril de 2019

Recompensa a denunciantes

A Secretaria Estadual da Fazenda estuda a criação de uma recompensa financeira para as pessoas que denunciarem quadrilhas e esquemas de contrabando e descaminho no Paraná. A alternativa, que daria força em um serviço de Disque-Denúncia, ganhou destaque nessa sexta-feira (26) em reuniões organizadas pelo secretário Renê de Oliveira Garcia Júnior para discutir a questão. O secretário teve extensa agenda com representantes do Instituto de Ética Concorrencial, da Abrabar/Sindiabrabar, da indústria e produtores de fumo, vinhos e destilados. Na pauta, a criação de uma força-tarefa de combate ao contrabando de bebidas e cigarros falsificados, que provocam prejuízos à economia e riscos à saúde da população.

2ª ponte

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e do Paraguai, Mario Abdo Benítez, voltarão a Foz do Iguaçu no dia 10 de maio para lançar a pedra fundamental da segunda ponte entre os dois países. A confirmação foi feita nessa sexta-feira (26) pelo Palácio do Planalto, logo após o Conselho de Administração da Itaipu aprovar a construção da obra com recursos da própria binacional. A reunião ocorreu na usina, no dia em que o Tratado de Itaipu completou 46 anos.

Tudo pronto

Toda a documentação da segunda ponte está pronta e foi entregue para o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes). Por meio de um convênio de delegação, todas as obras serão gerenciadas pelo governo do Paraná. A estimativa é de que a obra comece ainda no primeiro semestre. A construção tem custo previsto de R$ 456.138.389,24.

Reforma da Previdência

Quatro deputados paranaenses estão na Comissão Especial da Câmara dos Deputados que vai analisar a PEC da Reforma da Previdência: Felipe Francischini (PSL), Felipe Barros (PSL), Gleisi Hoffmann (PT) e Stephanes Júnior (PSD). Luiz Nishimori (PR) é suplente da comissão integrada por 49 deputados. Marcelo Ramos (PR-AM) ficou na presidência da comissão e Samuel Moreira (PSDB-SP), na relatoria.

Ação contra reajuste

O deputado Soldado Fruet (Pros) entrou com uma ação civil pública para barrar o reajuste de 12,13% nas tarifas da Sanepar que entra em vigor dia 17 de maio. Ele classificou o reajuste como abusivo por estar acima da inflação e pelo fato de a Sanepar distribuir lucros seguidos aos seus acionistas. A ação tramita na 5ª Vara de Fazenda Pública de Curitiba para análise da juíza Patrícia Gomes Bergonse.

NO BRDE

O ex-ministro Luiz Carlos Borges da Silveira vai assumir uma diretoria do BRDE. Sua nomeação foi publicada no Diário Oficial e indicação aprovada pelo Banco Central.

Lula live

Após sete meses, o ex-presidente Lula, enfim, foi entrevistado na prisão. Instalado distante quatro metros de todos na sala, Lula disparou críticas. À Folha de S.Paulo e ao El País durante duas horas e meia, disse que o Brasil é governado por “um bando de maluco”; que a elite brasileira deveria fazer uma autocrítica depois da eleição de Bolsonaro; reservou um tempo maior para seu maior algoz, Sérgio Moro, o qual ironizou que fala “conje”; chorou ao lembrar da morte do neto de sete anos; e repetiu que dorme toda noite com a consciência tranquila.

 

 

 



Fale com a Redação

treze − 12 =