Informe da redação do dia 15 de agosto de 2019

Viagens pagas pela Itaipu

O diretor-geral da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, falou ontem sobre as viagens de ministros das altas cortes para a Europa com a alegação de que fariam cursos para aprimorar o conhecimento jurídico e acabavam esticando a viagem, com passagens custeadas pela usina, inclusive a familiares. A conta passa de R$ 16 milhões. Silva e Luna foi quem cortou a regalia. A última viagem paga aconteceu em abril. Segundo ele, foi feito um inventário de todos os convênios e os contratos para questionar a “qualidade da despesa”. Questionado se esses gastos seriam auditados, não disse nem sim nem não. Já a assessora que acompanhava o diretor confirmou a auditoria.

Mais a fundo…

O general foi mais político e disse que a Itaipu tem uma governança diferente e, como é binacional, não segue normas do TCU (Tribunal de Contas da União): “Embora a gente se oriente [com base nas normas], em algum momento isso será verificado. Há a comprovação das despesas, mas é preciso entender se essa foi a melhor forma a ser utilizada [as verbas]”.


Bom ou mau pagador

O Paraná é um dos seis estados que correm o risco de ter a nota de bom pagador rebaixada, revela relatório do Tesouro Nacional divulgado ontem (14). Quando isso ocorre, o estado perde o direito de obter empréstimos com garantias do governo federal. O governo do Paraná tem nota B, “com chances de rebaixamento”. “Para esses estados, faz-se necessário esforço maior em aumentar a receita e cortar gastos”, diz o documento. Os outros cinco estados são: Acre, Pará, Paraíba, Piauí e São Paulo. Neste ano, 17 estados perderam o selo de bom pagador. Apenas Espírito Santo teve nota A.

 

Apoio ao Censo

O presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) e prefeito de Pérola, Darlan Scalco, declarou apoio à realização do Censo Demográfico 2020 realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O censo será feito a partir de 1º de agosto de 2020 e, para ser viabilizado, precisa do apoio dos prefeitos na cessão de espaços físicos e de mobiliários para os postos de coleta em quase todos os municípios.

 

Importante

Scalco disse que o censo é extremamente importante porque vai levantar dados fundamentais para todos os segmentos da sociedade, inclusive os municípios: “É importante lembrar que os repasses da principal fonte de receita das prefeituras, o FPM [Fundo de Participação dos Municípios], são definidos a partir da população de cada cidade”.

 

13º na conta

Boa notícia para os servidores públicos de Maripá. A prefeitura deposita nesta quinta-feira a primeira parcela do 13º salário dos 300 servidores, o que representa R$ 432.889,48 de injeção na economia local. O pagamento vem em boa hora: semana que vem começa a Festa das Orquídeas e do Peixe (23 a 25, no Centro de Eventos).

 

Mendicância

Em Foz do Iguaçu, os vereadores apresentaram 14 requerimentos ao Executivo, que vão desde melhorias na saúde até aumento de policiais e viaturas. Um deles solicita informações sobre políticas públicas para combater ou desestimular a prática de pedir esmolas nos semáforos da cidade, ou seja, dar fim à mendicância, geralmente feita usando com crianças.

 

Palocci bomba

O ex-ministro Antonio Palocci disse em delação que fez à Justiça que o PT recebeu R$ 270,5 milhões para campanhas eleitorais entre 2002 e 2014. De acordo com a delação, parte das doações foi declarada e a origem do dinheiro seria de grandes grupos e empresas, a partir de negociações feitas por ele e pelo ex-tesoureiro do PT João Vaccari. As informações são da Veja, que revela: o acordo firmado pelo ex-ministro no STF envolve 12 políticos, entre ex-ministros de Estado, parlamentares e ex-parlamentares, e grandes empresas.



Fale com a Redação

onze − 8 =