Informe da redação do dia 06 de abril de 2019

Adeus horário de verão

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse que este ano o Brasil não terá horário de verão e já sinalizou que para o futuro a tendência é de que a mudança nos relógios seja eliminada de vez do calendário do País. “Tomei a decisão que neste ano não teremos horário de verão”, anunciou Bolsonaro durante café da manhã com jornalistas.

Luta de anos

A decisão de Bolsonaro põe fim a uma luta antiga do ex-deputado federal Alfredo Kaefer (PP), que durante anos trabalhou nesse sentido, inclusive com projeto apresentado na Câmara dos Deputados. E ele justifica: os benefícios com a redução da carga máxima de energia elétrica em horário de pico não alcançam a maior parte dos cidadãos, enquanto os prejuízos à saúde e até à segurança pública atingem diretamente a maioria das pessoas, que precisam acordar mais cedo para trabalhar e estudantes que precisam ir à escola muitas vezes antes mesmo de o sol nascer.

No campo

Além dos problemas na cidade, Kaefer, que tem sua trajetória empresarial ligada ao campo, lembra dos malefícios ao produtor rural: isso porque a mudança de horário pode causar estresse nos animais, o que influencia diretamente na qualidade do produto final.

Toque feminino

Depois de 15 anos sem mulher na Câmara de Cascavel, Nadir Lovera (Avante) tomou posse ontem como vereadora. Ela assumiu a vaga aberta pela cassação de Damasceno Junior, acusado de se apropriar de salário de assessores.

Atraso

A Prefeitura de Toledo comunica aos servidores municipais que, devido à complexidade dos cálculos, a folha de pagamento complementar do valor referente à reposição salarial concedido pelo Executivo no dia 28 de março será paga no próximo dia 10 (quarta-feira). O índice é de 3,57%.

CPI do Lixo I

Ainda em Toledo… Ontem de manhã a Câmara ouviu ex-funcionários da Transportec, a concessionária da coleta de lixo que deu no pinote essa semana e abandonou o serviço. A preocupação agora é dar um jeito de garantir o pagamento dos quase 80 trabalhadores. Já foi solicitado à Justiça bloqueio de recursos da empresa e a prefeitura tem uma parcela que ainda não foi paga e que poderia ser revertida aos ex-funcionários.

CPI do Lixo II

A Câmara já aprovou abertura de uma CPI para investigar o contrato. É que em 2017 já houve indicação de problemas praticados pela Transportec mas a prefeitura não teria feito a fiscalização necessária. Isso sem contar que permitiu veículos sem qualquer segurança continuar rodando, além do pagamento à empresa que desde setembro não pagava FGTS dos funcionários.

Recorde

O Paraná terá seu maior público de prefeitos de todas as 22 edições da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que será promovida no Centro Internacional de Convenções de Brasília de 8 a 12 de abril. Até ontem (dia 5), 232 gestores municipais do Estado (58% dos 399) haviam confirmado presença no encontro. Em todo o Brasil, eram 2.993 inscritos e 7.633 participantes confirmados.

Mais horas

O governo do Estado autorizou as universidades estaduais a contratarem mais professores. Na prática, serão contratados por horas. Do total de 67.086 horas semanais, a Unioeste, por exemplo, terá 8.435. O restante ficou assim dividido: UEM – 18 mil horas; Unicentro – 11.100 mil horas; Unespar, 8.560; UEL, 8.366; UEPG, 7.500 horas; e UENP 5.125 horas semanais.

Quadro Negro

“Onde antes havia corrupção, agora existe educação!”, comemorou nas redes sociais o governador Ratinho Júnior ao inaugurar duas escolas em Guarapuava que estavam paradas “vítimas” dos desvios de verba da Educação estadual investigados pela Operação Quadro Negro. Foi uma alfinetada e tanto no ex-patrão, que recém havia saído da prisão por causa desse escândalo.



Fale com a Redação

catorze + dezessete =