Indígenas fecham prefeitura de Guaíra 

Os índios impediram os servidores públicos de iniciar o trabalho nessa segunda-feira 

Na manhã dessa segunda-feira (15) um grupo de indígenas fechou as entradas do Paço Municipal de Guaíra, impedindo a entrada dos servidores públicos.

Os indígenas querem a liberação do alvará para a ampliação da escola localizada em uma comunidade na Vila Eletrosul. O alvará foi negado por não ter todos os documentos necessários, como por exemplo, matrícula do imóvel.

Os servidores estão abrigados embaixo dos toldos dos comércios ao redor da prefeitura. Os indígenas estão fazendo uma dança típica deles bem na porta frontal do Paço. Servidores que tentaram entrar foram ameaçados e impedidos.

Segundo o Secretário de Segurança Pública, Edson Manoel Auler, tal liberação parece impossível sem apresentação da documentação exigida. E que se for esse o real motivo da manifestação, o ato deverá se estender por período indeterminado, pois o Município não pode e nem deve liberar alvarás sem o imóvel ter toda a documentação necessária.

A equipe da BPFRON (Batalhão de Fronteira) está auxiliando a Guarda Municipal no apoio para evitar confrontos e conflitos.

Segundo a assessoria da Prefeitura, os índios liberaram por volta das 11h30 a entrada do Paço Municipal.

Reportagem atualizada às 11h40.



Fale com a Redação

dezoito − treze =