Hoje tem jogão de basquete

O jogo será às 17h, no Ginásio Eduardo Luvison, no Ciro Nardi

Os amantes do esporte da bola laranja terão um dia especial para acompanhar a modalidade nesta terça-feira. E nem se trata da primeira partida da final da Conferência Oeste da NBA (a liga estadunidense) entre Warrios e Blazers (às 22h, de Brasília), e sim do duelo que promete ser acirrado entre os times de Cascavel e Marechal Cândido Rondon pelo Campeonato Paranaense Sub-17 de Basquete masculino, às 17h, no Ginásio Eduardo Luvison, no Ciro Nardi.

Comandado pelo professor Pedro Almeida, o Abasmavel/Cristo Rei chega para o confronto embalado por três vitórias seguidas e com o cestinha Vinicius Rabel em grande fase. Ele foi o maior pontuador da equipe nas seis partidas realizadas até agora no Estadual.

Foi assim nas derrotas para Londrina (66 a 78), Pato Branco (66 a 72) e Toledo (67 a 77), nas três primeiras rodadas, e nas vitórias sobre Campo Mourão (94 a 45), Maringá (81 a 59) e Foz do Iguaçu (114 a 76), nos últimos compromissos. Nos seis jogos, Rabel já marcou 135 pontos, média de mais de 22 por partida.

O rival

Nesta terça, os meninos da Abasmavel (Associação do Basquete Masculino de Cascavel) têm um difícil compromisso contra a equipe de Marechal Cândido Rondon. A cidade de tradição germânica é destaque na modalidade no Estado e tem na equipe sub-17 a base campeã do Torneio Internacional Sub-15 realizado ano passado na Argentina. Apesar disso, os rondonenses, comandados pelo professor Marcelo Góes, fazem temporada irregular no Paranaense Sub-17. O Marechal vem de derrota para o Londrina (66 a 72), na última rodada. Antes, o Marechal vinha de vitória sobre o Maringá (99 a 61), derrota para o Toledo (62 a 67), vitórias sobre Pato (60 a 56) e Sociedade Thalia/Curitiba (72 a 35), derrota para o Círculo Militar/Curitiba (67 a 69), e vitória sobre Foz do Iguaçu (88 a 48).

 



Fale com a Redação

oito + dezessete =