Desaparecido: Carreata pede providências à polícia

A esposa acredita que o desaparecimento tenha relação com o furto do caminhão e da carga que Wagner transportava cinco dias antes de ele sumir.

Família e amigos de Wagner Aparecido Cauz, desaparecido desde 3 de agosto, quando saiu de casa sem levar documentos nem telefone após ser chamado no portão de casa, promovem uma carreata neste domingo para pedir providências à polícia. “Nós queremos chamar a atenção da polícia, que ainda não descobriu nada sobre o paradeiro dele. São 67 dias sem pista… é uma angústia sem fim”, diz a esposa de Wagner, Edna Cauz.

Ela acredita que o desaparecimento tenha relação com o furto do caminhão e da carga que Wagner transportava cinco dias antes de ele sumir.

A mãe de Wagner fez aniversário no último dia 2 de outubro e repetia que queria receber uma ligação para ouvir a voz do filho.

A filha de Wagner, de três anos, diz que o pai está viajando e que espera pela volta dele.

Wagner vai completar 40 anos no próximo dia 25 e a família tem esperanças de que ele possa ser encontrado até lá.

A carreata começa às 8h30 deste domingo (13). A saída será na Rua Eduardo Agostinho, 277, no Bairro 14 de Novembro, e deve ir até o calçadão da Avenida Brasil.

Informações sobre o caso ou o paradeiro de Wagner podem ser repassadas de forma anônima pelos telefones 190 ou 197.

 



Fale com a Redação

quatro × três =