Constelação familiar: A terapia da reconciliação

Mais do que terapia, a Constelação Familiar pode ser um trabalho a serviço da reconciliação

“Família é a base de tudo”. Quem nunca ouviu essa frase? No entanto, nem sempre o convívio com as pessoas próximas é fácil. Para harmonizar situações de separação ou relacionamentos desgastados pelo tempo e por brigas, por exemplo, o método de Constelação Familiar pode ser eficaz. A ideia é ajudar as pessoas a resolverem conflitos no ambiente doméstico e colocá-las em contato com o poder de cura dentro das relações em família.

Mais do que terapia, a Constelação Familiar pode ser um trabalho a serviço da reconciliação. “Eu me alio aos pais ou às pessoas que sofreram injustiças ou dificuldades e trabalho nisso. A cura parte deles, não de mim. Minha função é ajudar um sistema a encontrar o seu caminho e a sua ordem”, explica a terapeuta em Constelações Sistêmicas Familiares, Débora Ganc.

Segundo a especialista, a harmonia no ambiente familiar depende de alguns fatores chamados “Ordens do Amor”. Ao todo, são três leis que regem a vida em família: Necessidade de pertencer e de criar vínculos, preservar o equilíbrio entre dar e receber e a necessidade de segurança e ordem, que é sentida através da hierarquia que existe dentro de casa.

A Constelação Familiar, criada pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger,  consegue trabalhar questões como separações, persistentes problemas financeiros e até doenças crônicas e mentais. O método é criado entre paciente e terapeuta, que estabelecem as questões difíceis ou incômodas a serem desenvolvidas. Depois disso o especialista escolhe pessoas ou bonecos para representar os membros da família do paciente.

Durante a realização do método, todas as desarmonias presentes naquela situação aparecem. Com a participação daqueles que “representam” os papéis de outros, a verdadeira história da família é expressa e vista claramente pela primeira vez, de uma maneira singular e espantosa. Isso faz da Constelação Familiar uma experiência profunda e capaz de ajudar a resolver conflitos.

Fonte: Personare.



Fale com a Redação

dezessete + quatro =