A Polícia Civil do Paraná (PCPR) concluiu o inquérito policial que investigou acidente de trânsito envolvendo 22 carros na BR-277, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. A tragédia deixou oito mortos e ao menos 40 feridos no dia 2 de agosto de 2020. Cinco pessoas foram indiciadas por homicídio.    

Quatro funcionários da empresa concessionária responsável pelo trecho foram indiciados por homicídio simples e lesão corporal. Um caminhoneiro foi indiciado por homicídio culposo, segundo a investigação ele estava acima do limite da velocidade permitida na vida e atropelou as vítimas.
O acidente 

O nevoeiro aliado a fumaça gerada por uma queimada em uma mata às margens da rodovia prejudicaram a visibilidade na rodovia no dia do acidente.

Uma carreta, que não conseguiu frear, colidiu contra os veículos parados na rodovia, atropelando as pessoas que estavam no local.

Além da PRF (Polícia Rodoviária Federal), participaram do atendimento do acidente equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e concessionária Ecovia.

A Polícia Civil de São José dos Pinhais foi até o local e tomou o depoimento do motorista do caminhão. Ele foi submetido ao teste do etilômetro, que não acusou a presença de álcool em seu organismo.

Veja como ficou o local do acidente na época:

Com informações Bem Paraná