Porto Alegre – O início da decisão de uma vaga na fase de grupos para o Grêmio deveria ter sido iniciada na noite de ontem. Porém, as autoridades equatorianas proibiram a realização da partida em Quito, horas depois de a equipe brasileira ter desembarcado no país. Tudo por conta dos casos de covid-19 registrados no elenco gremista – Paulo Victor e Vanderson testaram positivo após desembarcar no Equador. As autoridades do país impediram que o elenco gremista deixasse o hotel para realizar treinamento.

Alheia às questões sanitárias, a Conmebol tratou de transferir a partida para o Paraguai, nesta sexta-feira, no Estádio Defensores del Chaco.