COTIDIANO

Cascavel participa de evento com especialistas em meio ambiente do Brasil e do Mundo

14 de junho de 2022 às 14:41
Publicidade
Nesta terça-feira (14), o diretor do Departamento de Conservação Ambiental e Bem Estar Animal, Ailton Martins Lima, e a engenheira Ambiental, Keila Kochem, participam do evento sobre as Inovações na Gestão de Resíduos Sólidos, representando o Município de Cascavel, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.
A Lei 12.305/2010  instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos, pilar fundamental de organização quanto aos resíduos que são gerados pela população, os quais são coletados, processados e encaminhados aos modais de reaproveitamento através do Aterro Sanitário, gerador de energia  por meio do chorume, e também materiais levados às Unidades de Valorização de Recicláveis, os chamados Ecopontos.
Especialistas do Brasil e do Mundo, a convite da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), explanam durante todo o dia, o portfólio de ações e apontamentos quanto à aplicabilidade da legislação. “As palestras propostas pelo evento trazem a oportunidade de verificar de que forma a Política Nacional de Resíduos Sólidos é compreendida pelos especialistas do País. Além disso, perceber as formas adotadas por outros países, no recolhimento e processamento dos resíduos gerados”, destacou a engenheira ambiental, Keila Kochem.
Na esfera internacional, o evento trouxe a palestra da Engenheira do Ambiente da Universidade Nova de Lisboa – Faculdade de Ciências e Tecnologia em Portugal, Helena Lopes, que coordena uma Equipe Multidisciplinar de implementação do Projeto “Recicle Mais, Pague Menos”.  O projeto tem como objetivo tornar possível que os cidadãos paguem apenas pelos resíduos que não reciclam, ou seja, que o poder público possa calcular pela quantidade de material não reciclado pelo morador, gerando uma oportunidade estimular as pessoas e separar os resíduos, ajudar o planeta e pagar menos pelas taxas de serviço de coleta de resíduos orgânicos e recicláveis.
“A Rede de Ecopontos, uma parceria de sucesso entre a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e a Itaipu Binacional, vem ganhando cada vez mais a compreensão dos cascavelenses sobre a importância de contribuir com a sustentabilidade, através da separação dos materiais orgânicos e recicláveis. Nossas seis unidades localizadas geograficamente estratégicas são Unidades de Valorização de Resíduos que processam os materiais e também renda aos trabalhadores que lá se encontram”, explicou o diretor do Departamento de Conservação Ambiental e Bem Estar, Ailton Martins Lima.
“O modelo de gestão aplicada em Portugal trouxe a nós a oportunidade de conhecer a dinâmica do recolhimento dos resíduos, processamento dos materiais recebidos, através do envolvimento direto da população. O Governo Municipal prima pela busca incansável pelas boas práticas mundiais para que o tema Meio Ambiente provoque ações concretas de contribuição para a sustentabilidade”, finalizou Ailton.
Secom
Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE