No último mês, foi inaugurada na Unipar a 1ª Unidade Projeto Pescar Enjin-Grupo Open-Zeni Motors, em Cascavel. A Fundação foi criada pelo empresário Geraldo Linck, do RS, há 45 anos, para expandir um programa pioneiro de formação socioprofissionalizante, voltado ao desenvolvimento de jovens. Hoje, há unidades no território nacional, além do Paraguai, Argentina e Angola.

O fundador participou por vídeo e afirmou que é gratificante essa reponsabilidade social com o propósito do Pescar: “Não damos o peixe, ensinamos o jovem a pescar e a se encaminhar para a vida, e isso reflete na família de cada um”.

Ainda, enfatizou: “Você foi rigorosamente selecionado pelo seu potencial. O futuro depende de suas escolhas e determinação com que irá abraçar os desafios e oportunidades. Qualquer caminho que escolher, o faça com entusiasmo e dedicação, coloque o coração, a alma e a razão em cada escolha”.

Os empresários engajados no projeto também receberam elogio de Linck: “Fazer o bem, faz bem. Parabéns pela iniciativa de vocês”.

Entre os convidados de honra estavam presentes os representantes das três empresas (Enjin-Grupo Open-Zeni Motors) e o diretor da Unipar/Cascavel, professor Gelson Ueker, que expressou o orgulho em poder apoiar um projeto tão grandioso: “De portas abertas reafirmamos a importância da educação para a transformação social”.

 

O Projeto

Mantido por uma fundação, criada em 1995, o objetivo do projeto é tornar jovens protagonistas de seus projetos de vida. Mais de 33 mil jovens já se beneficiaram pelo programa, desenvolvido em parceria com empresas e organizações, e norteado por princípios comunitários. Os valores são excelência, ética, flexibilidade e busca por inovação.

Em Cascavel, a Unipar é sede para as aulas e eventos e recebe hoje 18 jovens. Segundo a educadora social, Tatiana Hotz, o curso oferecido é na área de serviços administrativos, totalmente gratuito, e inclui uniforme, material, vale transporte, alimentação no local e uma cesta básica ao mês.

Os requisitos são: ter entre 16 a 19 anos, estar cursando a partir do 7º ano ou já ter terminado o ensino médio; não ter tido contato com o mercado de trabalho; ter renda per capita familiar de até meio salário mínimo por pessoa da família.