O Consamu (Consórcio Intermunicipal Samu Oeste) atualizou as informações sobre o acidente na manhã desta terça-feira (10). Ao todo, 16 pessoas ficaram feridas e uma não sobreviveu no acidente registrado na noite dessa segunda-feira (9) no km 510 da BR-277 entre Guaraniaçu e Ibema.

Toda a rede de urgência regional foi acionada para receber vítimas do grave acidente. Estiveram em alerta e prontos para receber pacientes, inclusive, hospitais privados credenciados ao SUS, como o São Lucas e o Salete e não credenciados, como o Dr. Lima e a Policlínica.

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal) o veículo VW/Gol (placas de Guaraniaçu), que seguia sentido Cascavel, invadiu a contramão de direção, colidindo lateralmente com uma carreta Mercedes Benz Axor (placas de Foz de Iguaçu), que seguia sentido Curitiba.

O veículo Gol seguiu na contramão e colidiu frontalmente com o veículo VW/Passat Variant (placas de Curitiba), que seguia sentido Curitiba, o qual foi atirado barranco abaixo.

O veículo Gol permaneceu imobilizado sobre a pista sobre a faixa central, e foi atingido pelo caminhão VW/17250 (placas de Cascavel), que seguia sentido Cascavel, o qual não conseguiu frear adequadamente devido ao óleo na pista ocasionado pela colisão frontal momentos antes.

Com o impacto, o veículo Gol foi empurrado para a faixa sentido Curitiba e colidiu frontalmente com a carreta Scania 380 (placas de Guarapuava), imobilizando-se sobre esta faixa da pista de rolamento.

O condutor do Gol ( 41 anos) morreu no local. Os passageiros de (21 anos) E (26 anos) foram encaminhados a uma casa hospitalar em Cascavel, ambos em estado grave.

Os cinco ocupantes do Passat foram encaminhados a uma casa hospitalar em Guaraniaçu em estado leve. São eles: condutor de 38 anos, duas crianças de 6 e 10 anos e uma mulher de 37 anos.

Os condutores da carreta Mercedes Benz Axor (59 anos), da carreta Scania 380 ( 38 anos) e do caminhão VW 17250 ( 55 anos) não sofreram lesões.
A polícia criminalística compareceu no local para realização de perícia. O corpo do sr. Valdecir  foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Cascavel.

Ao todo, houve um óbito, quatro encaminhamentos a hospitais de Cascavel e 12 outras vítimas registradas no sistema Samu. Várias pessoas recusaram atendimento na cena do acidente, que envolveu cinco carros e cinco caminhões.

A comunicação do acidente também foi feita junto à direção da 10ª Regional de Saúde de Cascavel e algumas cidades ofereceram ambulâncias e apoio hospitalar em caso de necessidade. Os dois sentidos da pista permaneceram interditados durante parte da noite.

Matéria atualizada com informações da PRF às 9h37.