Aldeia em São Miguel do Iguaçu com confirmação de covid-19 é desinfectada pela Sanepar

A companhia utilizou mais de 18 mil litros de hipoclorito de sódio em casas, escolas, postos de saúde e espaços de convivência da aldeia Indígena Avá-Guarani Tekoha Ocoy, que fica em São Miguel do Iguaçu

A Sanepar fez nesta semana a desinfecção das casas, escolas, postos de saúde e espaços de convivência da aldeia Indígena Avá-Guarani Tekoha Ocoy, que fica em São Miguel do Iguaçu. O serviço foi realizado após 13 indígenas terem teste positivo para a covid-19.

Para a desinfecção da localidade que abriga 210 famílias a empresa utilizou mais de 18 mil litros de hipoclorito de sódio diluído, um dos produtos indicados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para higienização de ambientes.

Além da desinfecção na aldeia, técnicos da Sanepar, acompanhados pelo cacique Celso Japoty Alves, fizeram manutenção da tubulação de água que abastece a comunidade. A aldeia tem um sistema próprio de abastecimento. Com a identificação de vários pontos de vazamento, a tubulação comprometida foi substituída. O serviço teve apoio da Prefeitura de São Miguel do Iguaçu.

Os moradores que foram confirmados com a doença estão isolados na escola da comunidade e acompanhados por uma equipe multidisciplinar dos poderes públicos municipal, estadual e federal, universidades e empresas privadas que estão prestando auxílio à comunidade indígena.


Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação