Esporte

Chape vence e fica perto de vaga; suposta escalação irregular vira polêmica

 

A Chapecoense está viva na Copa Libertadores - pelo menos dentro das quatro linhas. Nesta quarta-feira (17), a equipe brasileira superou o Lanús (ARG) por 2 a 1 na Argentina e embolou a briga por uma vaga nas oitavas de final da competição. No entanto, uma possível escalação irregular pode atrapalhar o time catarinense no torneio continental.

A polêmica envolve o zagueiro Luiz Otávio, expulso na partida contra o Nacional (URU). Para a Chapecoense, a suspensão de um jogo já havia sido cumprida na decisão da Recopa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional.

Entretanto, a Chape teria recebido, momentos antes de a bola rolar, um comunicado da Conmebol de que o jogador havia sido julgado e suspenso por três partidas - além de uma multa de 3 mil dólares. A equipe, no entanto, o escalou como titular da mesma maneira e comemorou a vitória ao fim do jogo.

Com o resultado positivo, a Chapecoense sobe ao terceiro lugar do Grupo 7, com sete pontos, mesma pontuação que o Lanús. O Nacional lidera a chave com oito, enquanto o Zulia, da Venezuela, é o lanterna com cinco.